Bebê na praia: quando ele pode ir?

/, Curiosidades, Praia, Viagem/Bebê na praia: quando ele pode ir?

Bebê na praia: quando ele pode ir?

Saiba os cuidados que você precisa ter ao levar seu bebê para a praia

Com que idade você levou o seu filho para brincar na areia pela primeira vez?bebê praia

Em uma pesquisa feita no site CRESCER, 52% dos pais fizeram esse passeio quando a criança tinha entre 6 meses e 1 ano; 30% entre 1 e 2 anos. Mas, afinal, qual idade é mais adequada? Segundo os especialistas, a primeira ida à praia pode acontecer a partir dos 6 meses. No entanto, é preciso cuidados com a pele, alimentação e higiene da criança.

 
A dermatologista Nádia Almeida, do Hospital Infantil Pequeno Príncipe (PR), explica que a principal ocorrência com bebês nesses passeios é a queimadura. Por isso, é preciso seguir a recomendação e não levá-los à praia em horários de pico solar, entre 10h e 16h, mesmo na sombra!

 
Além disso, é importante que o bebê esteja sempre protegido. Roupas leves de algodão, bonés e protetor solar infantil em todo corpo — que só deve ser utilizado quando o bebê completar seis meses, devido à alta sensibilidade da pele — ajudam a preservar a pele da criança e evitar lesões causadas pelo sol. “Proteger não significa que a mãe deva vestir o filho com roupas pesadas, sintéticas ou muito fechadas, pois elas podem provocar assadura devido ao calor”, alerta.

Só diversão

Na hora de brincar, a criança deve ficar embaixo do guarda sol e mais próxima da parte úmida da areia. Isso porque, na porção seca, há mais concentração de fezes de animais, que podem conter ovos e larvas causadoras de bichos geográficos. Após a brincadeira, o excesso de areia deve ser retirado para evitar problemas na pele.

“Quando o bebê fica muito tempo com shorts de banho, maiô ou fralda sujos após ter entrado na água salgada

ou brincado na areia, a pele fica irritada e daí pode ocorrer a foliculite [inflamação nos pelos que se assemelha a picadas de inseto]”, explica Nádia.
Assim, “se a criança entrar no mar em algum momento do dia e isso não for se repetir, o ideal é que ela seja limpa com água doce e vista uma roupa sequinha”, reforça a dermatologista. Ela também desaconselha o uso de fraldas na água, por reterem ainda mais umidade e potencializarem o aparecimento de assaduras.

 

E quando bater aquela soneca? Vai ser uma delícia seu filho cochilar com a brisa da praia. Por isso, vale levar o carrinho. “É até melhor do que deixar a criança deitada em toalhas no chão”, afirma a pediatra Cristina Mamprim (SP).

Maiô Bebê Rosa Paris

O sal do mar

Não precisa ficar preocupado. Desde que a região seja própria para banho partir de 1 ano, pode aproveitar o mar sem nenhum problema. “A salinidade do mar é boa. Ela contém micronutrientes benéficos para a saúde”, explica Nádia. Caso a família prefira, piscinas de plástico com água doce também são uma opção para as crianças se refrescarem na praia. Porém, é importante fazer uma higienização ao longo do dia, por conta do xixi que a criança pode fazer na água.

Alimentação

A alimentação da criança deve ser a mais natural possível. A pediatra Cristina Mamprim explica que há um alto risco de intoxicação quando o alimento vem de fontes desconhecidas. “Não há como saber a procedência do produto ou como ele foi preparado. Mesmo coisas aparentemente simples, como raspadinhas, devem ser evitadas. A qualidade da água não tem como ser garantida e pode haver contaminação.”

Se o seu filho toma mamadeira, lembre-se de que você não deve levar o leite pronto de casa, mas preparar no local. As mães devem investir em alimentos leves, bastante fruta, água de coco e sucos naturais. Caso leve lanches prontos, eles devem ser conservados em sacolas térmicas (gelos recicláveis ajudam a manter a temperatura).

Hora do descanso

Depois de aproveitar o dia na praia com o bebê, ao chegar em casa, dê um banho com água fresca limpando cuidadosamente o corpo da criança para não deixar resíduos de areia. “É preciso passar sabonete especialmente nas dobras, na nuca, no pescoço e nos pés”, afirma Nádia. Cremes hidratantes voltados para bebês também podem ser utilizados. Se a criança tiver usado roupa de banho e ela for ser reutilizada no dia seguinte, é importante que a peça seja bem lavada com água corrente e esteja totalmente seca na hora do uso.

Fonte: Revista Crescer

2017-01-03T18:15:55+00:00 18/01/2017|Cuidados com o bebê, Curiosidades, Praia, Viagem|0 Comentários