Como vestir o Bebê Recém-Nascido no Verão?

/, Cuidados com o bebê/Como vestir o Bebê Recém-Nascido no Verão?

Como vestir o Bebê Recém-Nascido no Verão?

Como vestir o Bebê Recém-Nascido no Verão?

Dicas para os dias mais quentes

Tem sido difícil enfrentar as altíssimas temperaturas desse verão, não é mesmo?
Agora, com todo esse calor, é quase impossível vestirmos muitas roupas e isso é válido também para os recém-nascidos.
Foi-se o tempo em que as pessoas diziam que os bebês sentem mais frio ou mais calor que os adultos.
Hoje, após o nascimento, os bebês vão direto para um bercinho aquecido até que se habituem com o ambiente e pronto!
É hora de aprender e se acostumar com as temperaturas de sua nova “casa”.
E as mamães “de primeira viagem”, por receio de que seus pequenos sintam frio ou calor geralmente exageram na quantidade de roupinhas.
Se você é uma delas, acompanhe as dicas a seguir, sobre como vestir o recém-nascido no calor.

Como vestir o bebê no verão?

O ideal é que o recém-nascido se sinta sempre confortável e bastante à vontade, independente do fato de ele ter apenas alguns dias de vida.
Portanto, vista a criança sempre levando em consideração a temperatura ambiente e a sensação térmica. Também sempre leve em consideração a liberdade de movimentos, jamais use peças muito justas ou menores que o bebê.

Como vestir o bebê durante o dia

Com o calor severo que temos enfrentado, o ideal vestir o recém-nascido com roupas bem leves. No caso de usar o macacão, prefira os de algodão, mais fininhos. Outra alternativa são os bodies de manguinha, deixando as perninhas de fora. O mesmo vale para os sapatinhos! Nada de colocar sapatinhos muito quentes quando o bebê está com calor.
Mesmo as meias são desnecessárias. Você pode perceber que muitos bebês ficam sempre com os pés de fora mesmo e você pode colocar uma meia só no final do dia, se esfriar um pouco. Se, porém, o bebê sentir muito calor, você pode usar a dupla camiseta e fraldinha, observando atentamente como o recém-nascido ficará ao longo do tempo, principalmente se a temperatura oscilar demais em sua região.
Se ele estiver quentinho ou fresquinho, por exemplo, tudo bem deixá-lo assim, à vontade. Agora, se sua pele estiver fria, é hora de colocar mais roupa, para aquecê-lo.

Como Vestir o bebê durante a noite

Para a noite e também na hora de dormir, existem conjuntinhos e até pijaminhas, como o body e o mijão – esse conjunto pode ser colocado, pois são peças fresquinhas e leves. Assim, o bebê poderá dormir tranquilo. Usar um ventilador pode não ser o mais recomendado, pois o vento pode deixar a criança resfriada.
Se precisar, deixe o vento de uma forma indireta, pensando muito mais na circulação do ar do que direcionar o vento diretamente na criança.
Alguns modelos de ventiladores e climatizadores permitem colocar um pouco de água na parte inferior, o que ajuda muito a diminuir a temperatura do ambiente, e essa é uma alternativa melhor do que só um ventilador comum.
Se você não tiver opção e tiver que deixar as janelas abertas, a principal preocupação são com os pernilongos e também com o mosquito da dengue, que costuma aparecer no verão devido às chuvas frequentes.Neste caso, como o bebê vai estar usando pouca roupa, você pode colocar uma tela mosquiteiro sobre o berço e também usar repelentes específicos para bebê, que podem ser encontrados em qualquer farmácia. Os repelentes elétricos também são eficientes e não são prejudiciais ao bebê e também servem contra o mosquito da dengue.

No carro

Durante o transporte no carro, é importante estar atenta à temperatura do carro, pois muitas vezes ligamos o ar condicionado e a roupa de verão acaba sendo um pouco fria para o bebê. Durante o trajeto veja se as mãos e os pés estar frios de mais, neste caso é só ter uma mantinha ou subir um pouco a temperatura do ar condicionado.
Outra coisa que sempre temos que ficar atentos é que no carro, durante o verão, as crianças na cadeirinha de bebê, não tem a mesma ventilação que nós, então é bem provável que elas passem calor quando transportadas.Quando descer do carro, providencie rapidamente um suco, mamadeira ou dê o peito para que o bebê possa se hidratar.
E, não se preocupem, mamães, pois se o bebê estiver sentindo alguma coisa, seja frio ou calor, ele se manifestará de diversas formas: chorar é uma delas. O fundamental é se manter atenta e observar o seu pimpolho, pois logo você saberá exatamente como vesti-lo adequadamente.

Na piscina

Assim que o pediatra liberar, você já pode levar seu filho para a piscina (normalmente a partir 6 meses). Então você pode passar um bom protetor solar, usar um chapéu ou boné e também vesti-lo com uma camiseta com proteção solar UV. Nem preciso dizer que o melhor horário é até às 10h e depois das 16h, certo?
Depois do sol, você pode usar um hidratante para bebê da sua preferência. Outra coisa que precisa ser dita é que hoje existem fraldas próprias para piscina, que não possuem o gel, assim elas não vão se inchar ao entrar na água.

O bebê pode ficar no ar condicionado?

Claro que pode, mas é importante lembrar que você precisa fazer a manutenção do ar condicionado, limpeza dos filtros e ter certeza de usar uma temperatura agradável. Outra dica é evitar as mudanças de temperatura bruscas, então se você vai sair de casa para a rua, desligue o ar condicionado primeiro, espere alguns minutos antes de sair para não ter um choque térmico.
Essa recomendação é válida também no seu retorno, evite sair do sol forte e entrar imediatamente num lugar frio. O bebê vai sofrer com essa variação de temperatura dos ambientes com ar condicionado.
Fonte: Tudo para grávida

2017-01-31T15:52:19+00:00 01/02/2017|Chegada do bebê, Cuidados com o bebê|0 Comentários